segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

#Quotidiano anotado - Motoristas de autocarros

Não sei se há diferença entre motoristas do Norte e do Sul, mas a verdade é que hoje, na minha viagem tão típica de autocarro entre Oeiras e Alameda, naqueles que são os meus 30 minutos suplementares de sono, o surreal acontece.
Um gato mia em desespero, alto, e cada vez mais constante... o silêncio no autocarro aperta-se, todos os olhares indagam na tentativa de perceber onde está o pobre bichano (não fosse ele ter-se esgueirado para dentro do autocarro) ... até que:

"TOUUUUUUUUUUUU!!!!!! BOM ANO DELFINHOOOOO! Ainda bem que ligaste!!! Um bom ano pra ti pá... que tenhas tudo de bom pá!"
(...)
10min de conversa

"Sabes tive com o Língua Dourada... esse cabrão... olha ele é que está bem.. a mulher já lhe pôs um chapéu e um par de patins."
(...)
20min de conversa
"Temos é que fazer uma passagem de ano com quem interessa pá! Só homens. Tudo a comer e a beber! Mas um tem que não beber pá.. pa levar o carro! Mulheres não entram. A minha quando me diz para não fazer é quando faço pior."
(...)
25 min de conversa
"Não ia levar a da Ajuda à festa pá, ainda ficava mal visto."

E pronto sobraram-me 10 minutos para dormir. Foi Pouco.

#Daniela_Alfacinha

3 comentários:

  1. isso e apanhar com a trupe das limpezas, é Uehlehlehlehleh o caminho todo :P

    ...e não estou a falar de pessoas a falar ao telemóvel! Não, cada uma senta-se em lugares opostos do autocarro e GRITAM uma com a outra, mais ou menos da mesma forma como nós 'pessoas normais' nos sentamos lado a lado e conversamos num tom de voz razoável... mas vá-se lá entender, se calahr sou eu que sou esquisito nos meus hábitos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso foi o prato do dia hoje de manhã no metro! :P

      Eliminar
  2. Não se queixem... No metro do Porto isto é o Pai Nosso de cada dia!
    Devo saber mais detalhes da vida das pessoas do metro do que das pessoas da minha prórpia família!

    ResponderEliminar